Bruce Springsteen – Only the Strong Survive

De maneira nostálgica e despojada, Bruce Springsteen regrava clássicos da soul music e do R&B em novo álbum de estúdio.

Novamente desacompanhado da E Street Band, Bruce Springsteen está de volta com Only the Strong Survive, vigésimo segundo álbum de estúdio da carreira. A grande novidade aqui é o repertório, pois trata-se de um trabalho composto apenas por regravações de clássicos da soul music e do R&B, são canções pinçadas cuidadosamente do catálogo da Motown, Gamble and Stuff, Stax e outras importantes gravadoras que basicamente definiram a estética visual e sonora dos gêneros.

Com a empolgação que lhe é peculiar, Springsteen falou o seguinte sobre a ideia do projeto: “E qual é melhor música para trabalhar do que o grande catálogo americano dos anos sessenta e setenta? Eu me inspirei em Levi Stubbs, David Ruffin, Jimmy Ruffin, Jerry “Iceman” Butler, Diana Ross, Dobie Gray, Scott Walker, entre muitos outros. Tentei fazer justiça a todos eles – e aos fabulosos compositores dessas músicas gloriosas. Meu objetivo é que o público moderno experimente sua beleza e alegria, assim como eu tenho feito desde que os ouvi pela primeira vez. Espero que vocês amem ouvi-las tanto quanto eu amei fazê-lo”.

O álbum foi produzido por Springsteen e Ron Aniello, dupla que tocou praticamente todos os instrumentos ouvidos em Only the Strong Survive, salvo um ou outro backing vocal além da participação especial do cantor Sam Moore (ícone soul da dupla Sam & Dave) nas faixas “Soul Days” e “I Forgot to Be Your Lover”.

Bruce Springsteen

As faixas não apresentam grandes alterações estruturais com relação às originais, mas a execução passa longe de soar como uma tentativa tocar nota por nota. Aliás, a audição do disco proporciona uma sensação de despojamento e divertimento por parte do artista, isto é, um prazer genuíno de trabalhar com canções que provavelmente moldaram sua identidade musical. 

Springsteen não é um grande cantor em termos técnicos, mas como em todo trabalho que se mete, supera essa limitação com muita intensidade e simpatia, é o que se ouve em faixas como “Soul Days” (Dobie Gray), “Only the Strong Survive” (Jerry Butler), “7 Rooms of Gloom” (The Four Tops), “Turn Back the Hands of Time” e “I Forgot to be Your Lover” (William Bell). A grande canção do disco é a regravação de “Nightshift”, clássico dos Commodores tratado com bastante sensibilidade interpretativa e reverência. 

Nostálgico e despretensioso, Only the Strong Survive não traz nenhuma versão definitiva para as faixas regravadas. Apesar disso, funciona como uma sincera homenagem à soul music, servindo de introdução ao universo de artistas que fizeram história e não são muito lembrados hoje em dia. (Por Álvaro Silva)





FICHA TÉCNICA

Artista: Bruce Springsteen

Álbum: Only the Strong Survive

Produção: Bruce Springsteen e Ron Aniello

Data de lançamento: 11 de novembro de 2022.

Gravadora: Columbia Records

Duração: 50m24s aprox.

Faixas:

01. Only the Strong Survive

02. Soul Days

03. Nightshift

04. Do I Love You (Indeed I Do)

05. The Sun Ain’t Gonna Shine Anymore

06. Turn Back the Hands of Time

07. When She Was My Girl

08. Hey, Western Union Man

09. I Wish It Would Rain

10. Don’t Play That Song

11. Any Other Way

12. I Forgot to Be Your Lover

13. 7 Rooms of Gloom

14. What Becomes of the Brokenhearted

15. Someday We’ll Be Together

Clique aqui para ouvir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s