Pianista e compositor Claudio Dauelsberg lança o single “7 anéis”

Acompanhada de um videoclipe, a faixa composta por Egberto Gismonti  é o ponto de partida para o projeto musical do pianista Claudio Dauelsberg em comemoração às três décadas de carreira – lançamento no dia 18 de fevereiro nas plataformas digitais

Claudio Dauelsberg consolidou sua carreira de instrumentista transitando entre a música erudita e o piano popular. Ao longo de três décadas se dedicou ao piano solo, tendo se apresentado nos maiores teatros do mundo; participou de projetos que foram aplaudidos pela crítica e pelo público; compôs obras relevantes e foi o primeiro brasileiro a fazer um show no metaverso.

Durante o período pandêmico dos últimos dois anos, em meio a solitude do momento, aproveitou para revisitar músicas que o inspiravam, mas que há tempos não as visitava. Foi preenchendo o silêncio e vazio do isolamento que nasceu o álbum “Instantes”, um álbum diferente de todos os lançados até hoje por Claudio. 

A primeira obra a ser revelada ao público no dia 18 de fevereiro é o choro “7 anéis” de Egberto Gismonti, música composta em homenagem à pianista e compositora Tia Amélia. “7 Anéis” explora uma trama contrapontística bem  arrojada,  com diálogos musicais diversos que se estendem desde o contraponto oriundo do violão 7 cordas do choro até texturas bimodais e minimalistas de compositores da música moderna do século XX.

Sobre a música escolhida para seu primeiro single, diz Claudio: “Egberto é um compositor referencial, juntamente com Hermeto Pascoal formam os pilares da música instrumental brasileira.  Um compositor genial , que me impactou desde a adolescência. quando o assisti no Monterey Jazz festival pela primeira vez”.

Sobre o álbum “Instantes”

O título do projeto relaciona o termo do Latim “instans”, que vem de “urgente, premente”, com uma perspectiva contemporânea de registrar instantaneamente momentos marcantes, como o fenômeno coletivo praticado no Instagram.

“Um momento muito breve, mas que pode ser muito marcante, e de certa forma a vida pode ser compreendida por esses instantes”, diz Claudio. Esses espaços que se passam muito breves no tempo, são o que o músico procurou fixar por meio das sete músicas do álbum.

O repertório explora o piano solo e traz uma versão inédita de “7 anéis” (Egberto Gismonti). O repertório conta com a composição autoral “Choro à Luz de Velas” e obras de compositores brasileiros como Cesar Camargo Mariano e Tom Jobim. O projeto apresenta ainda “Highland Aire”, numa homenagem à Lyle Mays, e uma releitura de “Maysways” (André Mehmari), além de incluir “Blackbird”, um clássico pop dos Beatles.

“Neste período de mudanças fortes na história, os recortes se tornam elementos interessantes, protagonistas em redes sociais, compondo um mosaico de perspectivas, como a capa do álbum imerso num oceano de outras capas de álbum, onde cada um desses “quadradinhos” conta uma história, uma experiência e nos revela um verdadeiro universo”. diz Dauelsberg

Sobre Claudio Dauelsberg

Claudio Dauelsberg (Foto: Renato Mangolin)

Pianista, arranjador, compositor, produtor e professor da UNIRIO, Claudio Dauelsberg já gravou 7 CDs, 2 DVDs e inúmeros singles.  O CD “Bach”, gravado com a Orquestra de Câmara de Moscou, foi premiado pela Norddeutscher Rundfunk e o CD “Além das Imagens”, indicado para o prêmio Sharp. Gravou os concertos de Bach com a Orquestra de Moscou e atuou como solista à frente de orquestras como a de Genebra, a Sinfônica de Brasília, entre outras.


Claudio tem 2 DVDs gravados com o “PianOrquestra, 10 mãos e 1 piano”, grupo inovador idealizado por ele, de grande sucesso entre 2005 e 2020, tendo atuado nos principais palcos do mundo.  Com o PianOrquestra realizou projetos com vários nomes da música popular brasileira como Marcelo Jeneci, Tulipa Ruiz,  Mariana Aydar,  Ana Canas, João Bosco, Mônica Salmaso e Ná Ozzetti, nos quais foi idealizador e arranjador. além de tocar em todas as gravações disponíveis nas principais plataformas digitais.

Em 2019,  realizou uma turnêpelos principais teatros europeus: Elbphilharmonie, Hamburg, Berlin Concert Hall, Concertgebouw, entre outros. Também se apresentou no Festival La Roque D’Antheron, o maior festival de piano da atualidade. Vale lembrar que Nelson Freire foi o único brasileiro a se apresentar lá até então. 

Claudio atua como diretor musical, arranjador e pianista. Foi considerado um dos “10 melhores espetáculos do ano” pelo jornal O Globo, além de  inúmeros prêmios (Itaú Rumos, Classical Next, entre outros).  

Claudio já se apresentou ao lado de Plácido Domingo, Bireli Lagrene, Chick Corea, Bob Mintzer, Hermeto Pascoal, João Bosco, Yamandu Costa, Marcos Suzano, Toninho Horta, entre tantos outros músicos da MPB. 

Além disso, nos últimos 4 anos  se apresentou em extensas turnês  pelos principais  festivais e teatros europeus. No ano de 2020, durante a  pandemia, participou  do Rio  Montreux Jazz Festival, foi sua terceira vez  participando do Festival de  Montreux na Suiça,  onde gravou ao vivo o álbum Paisagens Brasileiras. Realizou  turnês pela América do sul  (Chile, Argentina,  entre outros) e América do Norte (Vancouver Jazz Festival, Calgary Jazz Festival). Também participou de  Showcases  Midem, Womex,  Classical Next  e Brasil Music Festival (Norway). 

Recentemente, Claudio, fez parte de uma ação pioneira no Brasil, onde apresentou uma prévia de algumas obras do seu novo show “Instantes” no Metaverso. Foi a primeira vez que um músico brasileiro se apresentou neste formato e foi a primeira ação da América Latina a unir a ativação de marca de uma operadora, no ambiente dos Metaversos, com uma experiência imersiva presencial, onde o público pôde interagir entre si e também com o músico, através de seus avatares. 

FAIXAS ÁLBUM INSTANTES

01 – 7 anéis (Egberto Gismonti)

02 – Samambaia (Cesar Camargo Mariano) 

03 – Choro à Luz de Velas (Claudio Dauelsberg)

04 – Maysways (André Mehmari)

05 – Chovendo na Roseira (Tom Jobim)

06 – Highland Aire (Lyle Mays)

07 – Blackbird (Beatles)

08 – Spain (Chick Corea) 

Maiores informações no site, Facebook e YouTube do artista.

Ouça Claudio Dauelsberg na Apple Music ou no Deezer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s