Leon Bridges – Gold-Diggers Sound

O cantor e compositor Leon Bridges despontou para o mercado fonográfico resgatando a sonoridade clássica dos artistas que integravam o portfólio das pioneiras gravadoras de soul music/rhythm and blues Stax e Motown nas décadas de 60 e 70, gente do quilate de Otis Redding, Wilson Pickett, Marvin Gaye, Sam Cooke, Smokey Robinson e Al Green.

“Gold-Digger Sound” é o terceiro álbum gravado em estúdio pelo artista, sucedendo os excelentes “Coming Home” (2016) e “Good Thing” (2018). O trabalho foi produzido pela dupla Ricky Reed e Nate Mercereau, que possuem no currículo colaborações com John Legend, Maroon 5, Shawn Mendes, The Weeknd e outras estrelas da música pop.  

Desta vez, Bridges opta por deixar um pouco a zona de conforto que permeava seus trabalhos anteriores, apresentando ao público um apanhado de canções com tempero jazz, afrobeat e hip hop, não que o artista tenha abandonado suas raízes musicais, porém em “Gold-Diggers Sound”, ele claramente adéqua seu som à contemporaneidade.

Ao todo são onze faixas cuidadosamente produzidas, a maioria delas escritas por Bridges em parceria com outros compositores, cujos temas estão carregados de sentimentos como amor, esperança e espiritualidade. O álbum abre com “Born Again”, um jazz moderno brilhantemente arranjado pelo pianista e produtor Robert Glasper. “Details” e “Sho Nuff” são baladas soul repletas de sensualidade. “Don’t Worry” é uma canção confessional em que Bridges dialoga com a cantora Ink. “Sweeter” é um lamento reflexivo sobre a morte de George Floyd, afro-americano executado friamente pela polícia de Minneapolis em 25 de maio de 2020.  Em “Blue Mesas”, faixa que encerra o álbum, o cantor é acompanhado por um belo arranjo de cordas que enfatiza o sentimento de vulnerabilidade presente na canção.

Ao abraçar novas sonoridades em “Gold-Digger Sound”, o jovem Leon Bridges vai definindo sua personalidade musical e marca terreno como um dos artistas mais interessante da música pop contemporânea. (Por Álvaro Silva)

FICHA TÉCNICA

Artista: Leon Bridges

Álbum: Gold-Diggers Sound

Produção: Ricky Reed and Nate Mercereau

Gravadora: Columbia Records

Data de lançamento: 23 de julho de 2021

Duração: 36m41s

Faixas:

01. Born Again (feat. Robert Glasper) (Bridges/Federick/Glasper/ Stanfill)

02. Motorbike (Bridges/Federick/Mercereau/Strother/Wilson)

03. Steam (Blackmon/Boggs/Bridges/Federik/Katz/Lawrence/Mercereau/Tranter)

04. Why Don’t You Touch Me (Baranowski/Bridges/Federik/Krysiuk/Milano)

05. Magnolias (Boggs/Bridges/Castille/Cheung/Federik/Mercereau/Neil/Wyreman)

06. Gold Diggers (Junior’s Fanfare) (Guillary)

07. Details (Bridges/Federick/Mercereau/Strother)

08. Sho Nuff (Boggs/Bridges/Castille/Federik/Fitchuk/Jenkins/Mercereau/Tashian/Wyreman)

09. Sweeter (feat. Terrace Martin) (Bridges/Castille/Cooper/Dimotsis/Federik/Martin/Mercereau/Wilson)

10. Don’t Worry (feat. Ink) (Boggs/Bridges/Crumbly/Federick/Mercereau/Strother/Wyreman)

11. Blue Mesas (Bridges/Frederik/Lilly/Salas/Stanfill)

Ouça Gold-Diggers Sound clicando aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s