Som Imaginário – A Matança do Porco (1973)

A banda Som Imaginário foi criada em 1970, para acompanhar o cantor Milton Nascimento no espetáculo “Milton Nascimento, ah, e o Som Imaginário”, mas acabou ganhando vida própria e lançou três álbuns de estúdio.

Os dois primeiros trabalhos lançados pelo conjunto – Som Imaginário (1970) e Som Imaginário (1971) – possuíam sonoridade predominantemente psicodélica. Fizeram parte das primeiras formações músicos como Zé Rodrix (órgão, flauta e vocal), Tavito (violão e vocal) e Naná Vasconcelos (percussão).

Terceiro e derradeiro trabalho do grupo, “A Matança do Porco” trilha um caminho mais refinado que seus antecessores e aposta em canções com fortes inspirações na música fusion e no rock progressivo. Além disso, influências de estilos como bossa nova e samba se fazem presentes e conferem às canções uma sonoridade bastante peculiar.

A formação que gravou a bolachinha era composta por Wagner Tiso (piano e órgão), Luiz Alves (contrabaixo), Robertinho Silva (bateria) e Fredera (guitarra), músicos da primeira linha da música popular brasileira, com vasta experiência em estúdio e palco.

Ao todo são nove canções, com destaque para a longa faixa-título, que mistura a sutileza do piano de Tiso com os solos rascantes de Fredera e vocalizes brilhantemente executados por Milton Nascimento. Outro ponto alto do disco é a bateria inventiva de Robertinho Silva, que confere personalidade e suingue para as canções predominantemente orquestrais de Tiso.

O Som Imaginário ainda realiza algumas apresentações ao vivo esporádicas enfatizando o repertório de “A Matança do Porco”. Integraram a última formação da banda os músicos Wagner Tiso (piano e teclados), Luiz Alves (contrabaixo), Robertinho Silva (bateria e percussão), Victor Biglione (guitarra) e Nivaldo Ornelas (saxofone e flauta).

Se você gosta de rock progressivo, você precisa conhecer “A Matança do Porco”. Trata-se de um trabalho original, composto e executado com maestria. Certamente um dos melhores álbuns brasileiros do gênero.

FICHA TÉCNICA

Artista: Som Imaginário

Álbum: A Matança do Porco

Gravadora: EMI/ODEON

Data de lançamento: 1973

Duração: 36m19s

Diretor de Produção: Milton Miranda

Diretor Musical: Maestro Gaya

Faixas:

01. Armina

02. A 3

03. Armina (Vinheta 1)

04. A Nº 2

05. A Matança do Porco

06. Armina (Vinheta 2)

07. Bolero

08. Mar Azul

09. Armina (Vinheta 3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s